Arquivo

Posts Tagged ‘presidente do banco central do Japão’

Inflação no Japão acelera após aumento de imposto

Núcleo do índice de preços ao consumidor avançou 3,4% em maio

inflação no JapãoO núcleo do índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) do Japão avançou 3,4% em maio na comparação com o mesmo período do ano anterior.

O resultado representa uma aceleração ante a inflação de 3,2% de abril, mas veio exatamente como previsto por economistas consultados pela Dow Jones Newswires e pelo diário Nikkei.

O índice considera os efeitos do aumento de imposto de abril. Desconsiderando-se esse fator, o núcleo do CPI desacelerou para 1,4% em maio, de 1,5% em abril, ambos na comparação anual.

Esse é o número que o Banco do Japão (BoJ, na sigla em inglês) utiliza para alcançar a meta de inflação de 2%.

Essa é a primeira desaceleração desde setembro de 2013 no núcleo do CPI sem efeito de imposto, mas está em linha com o discurso da autoridade monetária.

O presidente do BoJ, Haruhiko Kuroda, alertou nesta semana que o núcleo do CPI pode desacelerar para algo em torno de 1% nos próximos meses, para começar a recuperar uma tendência de alta por volta de outubro.

Considerando todos os componentes do CPI, a inflação acelerou 3,7% em maio, também ante o mesmo período do ano passado. Na comparação mensal, o índice registrou alta de 0,4%.

O núcleo do CPI para a área metropolitana de Tóquio subiu 2,8% em junho, em comparação com o mesmo mês de 2013, mantendo o mesmo ritmo de maio e em linha com o previsto pelo mercado.

A inflação de Tóquio é vista como um indicador antecipado da evolução dos preços para o resto do Japão. Sem o efeito do aumento no imposto de abril, o índice acelerou 0,9% em junho, assim como no mês anterior.
Fonte: Exame com Estadão

Anúncios

Inflação do Japão pode ter atingido projeção, diz Banco Central

Números demonstram confiança de que a terceira maior economia do mundo continua a avançar na direção de atingir a meta de preços

Presidente do banco central do Japão Haruhiko KurodaO presidente do banco central do Japão, Haruhiko Kuroda, afirmou que a inflação ao consumidor pode ter superado a projeção do BC no ano fiscal que terminou em março, demonstrando confiança de que a terceira maior economia do mundo continua a avançar na direção de atingir a meta de preços.

"Acho que a inflação ao consumidor foi na verdade ligeiramente mais alta no ano fiscal de 2013 do que nossa projeção atual de 0,7 por cento", disse Kuroda em sessão parlamentar nesta quarta-feira.

"Por enquanto, podemos dizer que o Japão está fazendo progresso na direção de alcançar inflação de 2 por cento." As declarações dele sugerem que o BC vai revisar para cima a projeção anterior de preços para o ano fiscal e manterá suas estimativas altistas para os anos subsequentes em seu relatório sobre perspectivas a ser divulgado na próxima semana.

Mas ele reiterou a prontidão do BC em "ajustar a política" com estímulo monetário adicional se os riscos ameaçarem o cumprimento da meta de preço.
Fonte: Exame com Reuters