Arquivo

Posts Tagged ‘emprego no Japão’

Trabalhadores contratados por empreiteiras ganham mais espaço nas empresas japonesas

40% dos contratados não têm emprego efetivo no país, mostra pesquisa

trabalhador no japaoUma pesquisa divulgada nesta quinta-feira pelo Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-estar Social mostrou um aumento no número de trabalhadores sem contrato efetivo nas empresas japonesas.

Segundo o jornal Sankei, a oferta de emprego aumentou e as empresas estão sofrendo com mão de obra insuficiente. Funcionários contratados por empreiteiras e trabalhadores de meio período têm ganhado cada vez mais espaço e menos chances de efetivação.

O Ministério investigou, em outubro do ano passado, a situação trabalhista de 11 mil empresas e 35 mil funcionários em todo o país. Os resultados mostraram que, pela primeira vez, mas de 40% dos trabalhadores não estavam efetivados.

Quando questionadas pelas razões de reduzir a contratação efetiva, 38,8% das empresas responderam que era por motivos econômicos e 26,1% disseram que não podem assegurar a efetivação dos funcionários. Este motivo subiu mais de oito pontos em relação à última pesquisa do Ministério.
Fonte: Alternativa

Anúncios

Japão melhora perspectiva sobre exportações pela 1ª vez em um ano

O governo também está mais otimista em relação à situação do emprego, mas o consumo continua fraco

exportaçõesO governo do Japão melhorou sua perspectiva para as exportações pela primeira vez em um ano nesta quinta-feira, mas manteve a avaliação econômica geral de recuperação moderada uma vez que o consumo privado continua fraco.

O relatório econômico mensal do governo foi divulgado após dados nesta quinta-feira mostrando que as exportações em janeiro tiveram o maior salto desde o final de 2013. O banco central japonês também melhorou sua avaliação sobre as exportações e a produção na quarta-feira.

Uma aguardada recuperação nas exportações, que havia sido um ponto fraco na economia apesar do iene fraco, oferece esperança a autoridades que acreditam que os preços mais baratos do petróleo levará as empresas a gastar mais com salários e investimentos.

O Escritório do Gabinete também melhorou sua visão sobre a situação do emprego no Japão, mas disse que uma mentalidade fraca de consumo deve continuar pesando sobre a economia em geral.

"Deve ser dada atenção aos riscos à economia japonesa como o enfraquecimento da confiança do consumidor e desaceleração das economias internacionais", disse o escritório.

A economia do Japão se recuperou de uma recessão para crescer 2,2 por cento em termos anualizados no último trimestre do ano passado, dado um impulso aos esforços do primeiro-ministro Shinzo Abe para livrar-se de décadas de estagnação do crescimento.

Mas a expansão foi menor do que o esperado, sugerindo uma recuperação ainda frágil em meio ao crescimento global irregular.
Fonte: Alternativa com Reuters
www.shigoto.com.br
visto japonês, emprego no Japão, turismo no Japão e passagem para o japão