Arquivo

Archive for the ‘Toyota’ Category

Toyota: 23 indústrias paradas na segunda-feira

Pelo impacto do Terremoto de Hokkaido, a planta de Tomakomai teve interrupção por queda de energia elétrica na cidadetoyota linha producao3A montadora Toyota Motor, cuja matriz fica em Aichi, anunciou que está com 23 das duas indústrias paradas na segunda-feira (10). O motivo é a análise do estoque de peças, as quais são produzidas na planta de Tomakomai (Hokkaido), com produção interrompida por falta de energia elétrica.

As plantas paradas são 16 da indústria de automóveis e 7 de produção de peças, incluindo as da matriz em Toyota. As da Daihatsu que produzem veículos kei continuam a produção.

A Toyota Motor Hokkaido, na cidade de Tomakomai, está parada desde a ocorrência do terremoto, na madrugada do dia 6. Houve corte de fornecimento de energia elétrica em ampla área e a planta foi uma das atingidas.

Por esta razão, as demais indústrias tiveram a operação paralisada para analisar o impacto do abastecimento das peças na produção nacional.

Desde o Terremoto de Kumamoto, em abril de 2016, que a Toyota não tomava essa medida de paralisar as operações em grande escala.
Fonte: Portal Mie com Yomiuri e CTV

Anúncios

Toyota e Panasonic irão desenvolver baterias para veículos elétricos

Montadora quer acrescentar carros elétricos a sua linha de produtos
toyota e panasonic
As japonesas Panasonic e Toyota Motor disseram na quarta-feira que vão considerar o desenvolvimento conjunto de baterias para veículos elétricos .

O movimento pode ajudar a Panasonic a estender sua liderança como a maior fabricante de baterias automotivas de íons de lítio do mundo.

O anúncio se soma a um acordo existentes sob o qual a Panasonic produz baterias para os veículos híbridos da Toyota.

A Toyota disse no ano passado que estava planejando acrescentar veículos totalmente elétricos a sua linha de produtos – uma mudança estratégica em relação a sua posição prévia, de que veículos com células de combustível e híbridos plug in eram as tecnologias mais sensatas para tornar os carros mais ecológicos.
Fonte: Alternativa com Reuters

Toyota e Honda confirmam segurança de alguns produtos da Kobe Steel

As investigações realizadas pelas montadoras seguem a revelação da Kobe Steel de que dados de inspeção sobre um grande número de produtos foram falsificados
kobe steel
Montadoras japonesa confirmaram o uso de produtos da Kobe Steel afetados pelos dados falsos de inspeção, mas disseram que não encontraram problemas de segurança até agora.

A Toyota Motor Corp. e a Honda Motor Corp. emitiram declarações no final da quinta-feira (19) descrevendo descobertas preliminares de verificações de materiais e peças da Kobe Steel. A mídia japonesa citou que oficiais de outras montadoras fizeram anúncios similares.

As investigações realizadas pelas montadoras, fabricantes de aeronaves e outros clientes da Kobe Steel seguem a revelação da empresa de que dados de inspeção sobre um grande número de produtos foram falsificados ou manipulados. A extensão do problema não está clara porque a Kobe Steel não identificou os clientes afetados pelo nome e ainda está investigando o problema.

Problema pode ter persistido por mais de uma década
No entanto, ela disse que dados sobre placas de alumínio, tubos e moldes de cobre e fios-máquina de aço usados em pneus e motores de veículos estão entre os produtos cujos dados não corresponderam às especificações ou eram falsos ou insuficientes. O problema pode ter persistido por mais de uma década, divulgou a mídia japonesa, citando ex-funcionários da Kobe Steel, sem identificá-los.

A Toyota disse em uma declaração que havia confirmado que placas de alumínio da Kobe Steel usadas em capôs, portas traseiras e outros componentes de seus veículos atenderam as exigências para resistência e durabilidade com base em dados da empresa que estava “bem além das especificações da Toyota.”

A Toyota disse que ainda estava investigando os produtos de alumínio da Kobe Steel.

Já a Honda disse que os painéis de alumínio eram os únicos produtos comprados diretamente da Kobe Steel. A empresa descobriu que todos eles atenderam aos seus padrões de segurança e que ainda estava investigando outras peças obtidas através de fornecedoras.

Muitos clientes da Kobe Steel disseram que estão verificando o problema. Até agora, nenhum deles confirmou qualquer risco específico de segurança. Contudo, no início desta semana, a Agência de Segurança de Aviação Europeia recomendou às empresas que suspendessem o uso de produtos da Kobe Steel quando possível enquanto elas revisam suas redes de fornecimento para identificar “peças suspeitas não aprovadas” da empresa que podem ter sido usadas.
Fonte: Portal Mie com Reuters

Toyota coloca presidente para liderar divisão de carros elétricos

Akio Toyoda está à frente da maior montadora do mundo desde 2009

akio-toyoda
A Toyota indicou na última quarta-feira seu presidente, Akio Toyoda, para liderar uma nova divisão de carros elétricos, sinalizando seu comprometimento com o desenvolvimento da tecnologia.

A mudança ocorre em um momento em que Estados Unidos, China e países europeus encorajam as montadoras de veículos a fabricarem mais carros elétricos.

Akio Toyoda, neto do fundador da empresa, Kiichiro Toyoda, está à frente da maior montadora do mundo desde 2009. Ele comandará o departamento de veículos elétricos juntamente com os vice-presidentes executivos, Mitsuhisa Kato e Shigeki Terashi.

“Ao colocar o presidente e os vice-presidentes no comando da divisão, nós planejamos acelerar o desenvolvimento de carros elétricos”, afirmou a porta-voz da companhia, Kayo Doi, depois do anúncio.

“O presidente supervisionará diretamente as operações do departamento para permitir que as decisões sejam tomadas rapidamente”, acrescentou.

A divisão compreende uma nova unidade interna que planejará a estratégia da Toyota para desenvolver e comercializar carros elétricos, como parte dos esforços da empresa para atender ao endurecimento das regras globais de emissões de poluentes.

A Toyota também está transferindo o engenheiro-chefe do modelo híbrido Prius, Koji Toyoshima, para liderar a equipe de veículos elétricos.
Fonte: Alternativa

Toyota anuncia aumento de produção para 2016

toyota aumenta produçãoO grupo Toyota anunciou nesta quarta-feira (16) que irá aumentar sua produção global de veículos em 1% no próximo ano, para 10,2 milhões de unidades, informou a agência Kyodo.

A empresa estima que suas vendas globais devem ultrapassar 10,11 milhões de veículos em 2016

Em um comunicado, a Toyota admitiu que espera uma queda nas vendas em mercados emergentes no próximo ano devido à desaceleração econômica de países como China, Rússia e Brasil, mas que projeta aumento das vendas nos Estados Unidos.

No mercado japonês, a empresa planeja vender 2,23 milhões de veículos, um aumento de 3% em relação ao previsto para 2015.

A previsão otimista da Toyota para 2016 veio após o anúncio de uma estimativa de queda de 1% nas vendas globais e 7% nas vendas domésticas para este ano.
Fonte: IPC Digital
www.shigoto.com.br
visto, emprego, turismo e passagem para o japão

Categorias:Toyota Tags:,

Toyota produz minivan que estaciona sozinha

Minivan Alphard
A Toyota divulgou que está produzindo minivans de luxo que conseguem estacionar sozinhas, informou a emissora NHK nesta segunda-feira (26).

As minivans Alphard e Vellfire têm uma tecnologia de assistência de baliza que utiliza câmeras e sensores para monitorar o entorno e estacionar o veículo automaticamente.

Os veículos também possuem sensores traseiros que acionam os freios se o motorista pisar no acelerador por engano. A concorrência no desenvolvimento de tecnologias destinadas à segurança tem aumentado entre as montadoras.
Fonte: IPC Digital
www.shigoto.com.br
visto japonês, emprego no Japão, turismo no Japão e passagem para o japão

Essa tecnologia irá mudar nosso mundo, diz Toyota sobre carro Mirai

Veículo movido a hidrogênio será comercializado a partir de 15 de dezembro no Japão por ¥7,2 milhões

Toyota Mirai
A Toyota vai lançar seu primeiro carro movido a célula combustível a hidrogênio para o mercado de massa no mês que vem, esperando reproduzir o sucesso de seu híbrido Prius com um veículo que funciona com hidrogênio em vez de gasolina.

O sedan de quatro lugares, chamado de Mirai, palavra que em japonês significa "futuro", será lançado no Japão em 15 de dezembro. As vendas nos Estados Unidos e na Europa virão depois no quarto trimestre de 2015, disse a maior montadora do mundo, revelando o carro simultaneamente em Tóquio e no Estado norte-americano da Califórnia.

Os "carros verdes" perfeitos, veículos movidos a célula combustível, funcionam com eletricidade gerada ao misturar combustível de hidrôgenio e o oxigênio do ar –uma tecnologia usada pela primeira vez no projeto Apollo na década de 1960. Os únicos derivados são calor e água –uma água tão pura que os astronautas na Apollo a beberam.

"Essa tecnologia irá mudar nosso mundo", disse o diretor administrativo da Toyota, Satoshi Ogiso, na apresentação em Newport Beach.

O Mirai custará cerca de ¥7,2 milhões (com imposto incluído) e o governo anunciou um subsídio de ¥2 milhões para compras de veículos movidos a célula combustível.

A Toyota visa vender apenas 700 unidades globalmente no ano que vem, principalmente devido à escassez de postos de combustível de hidrogênio, disseram executivos. A companhia espera que as vendas cumulativas nos Estados Unidos alcancem 3 mil até o final de 2017.

O presidente do Conselho da Toyota, Takeshi Uchiyamada, que liderou o desenvolvimento da primeira geração do Prius, disse esperar que as vendas globais cresçam para a casa das "dezenas de milhares" nos anos 2020.
Fonte: Alternativa com Reuters