Arquivo

Archive for the ‘Toyota’ Category

Toyota e Honda confirmam segurança de alguns produtos da Kobe Steel

As investigações realizadas pelas montadoras seguem a revelação da Kobe Steel de que dados de inspeção sobre um grande número de produtos foram falsificados
kobe steel
Montadoras japonesa confirmaram o uso de produtos da Kobe Steel afetados pelos dados falsos de inspeção, mas disseram que não encontraram problemas de segurança até agora.

A Toyota Motor Corp. e a Honda Motor Corp. emitiram declarações no final da quinta-feira (19) descrevendo descobertas preliminares de verificações de materiais e peças da Kobe Steel. A mídia japonesa citou que oficiais de outras montadoras fizeram anúncios similares.

As investigações realizadas pelas montadoras, fabricantes de aeronaves e outros clientes da Kobe Steel seguem a revelação da empresa de que dados de inspeção sobre um grande número de produtos foram falsificados ou manipulados. A extensão do problema não está clara porque a Kobe Steel não identificou os clientes afetados pelo nome e ainda está investigando o problema.

Problema pode ter persistido por mais de uma década
No entanto, ela disse que dados sobre placas de alumínio, tubos e moldes de cobre e fios-máquina de aço usados em pneus e motores de veículos estão entre os produtos cujos dados não corresponderam às especificações ou eram falsos ou insuficientes. O problema pode ter persistido por mais de uma década, divulgou a mídia japonesa, citando ex-funcionários da Kobe Steel, sem identificá-los.

A Toyota disse em uma declaração que havia confirmado que placas de alumínio da Kobe Steel usadas em capôs, portas traseiras e outros componentes de seus veículos atenderam as exigências para resistência e durabilidade com base em dados da empresa que estava “bem além das especificações da Toyota.”

A Toyota disse que ainda estava investigando os produtos de alumínio da Kobe Steel.

Já a Honda disse que os painéis de alumínio eram os únicos produtos comprados diretamente da Kobe Steel. A empresa descobriu que todos eles atenderam aos seus padrões de segurança e que ainda estava investigando outras peças obtidas através de fornecedoras.

Muitos clientes da Kobe Steel disseram que estão verificando o problema. Até agora, nenhum deles confirmou qualquer risco específico de segurança. Contudo, no início desta semana, a Agência de Segurança de Aviação Europeia recomendou às empresas que suspendessem o uso de produtos da Kobe Steel quando possível enquanto elas revisam suas redes de fornecimento para identificar “peças suspeitas não aprovadas” da empresa que podem ter sido usadas.
Fonte: Portal Mie com Reuters

Anúncios

Toyota coloca presidente para liderar divisão de carros elétricos

Akio Toyoda está à frente da maior montadora do mundo desde 2009

akio-toyoda
A Toyota indicou na última quarta-feira seu presidente, Akio Toyoda, para liderar uma nova divisão de carros elétricos, sinalizando seu comprometimento com o desenvolvimento da tecnologia.

A mudança ocorre em um momento em que Estados Unidos, China e países europeus encorajam as montadoras de veículos a fabricarem mais carros elétricos.

Akio Toyoda, neto do fundador da empresa, Kiichiro Toyoda, está à frente da maior montadora do mundo desde 2009. Ele comandará o departamento de veículos elétricos juntamente com os vice-presidentes executivos, Mitsuhisa Kato e Shigeki Terashi.

“Ao colocar o presidente e os vice-presidentes no comando da divisão, nós planejamos acelerar o desenvolvimento de carros elétricos”, afirmou a porta-voz da companhia, Kayo Doi, depois do anúncio.

“O presidente supervisionará diretamente as operações do departamento para permitir que as decisões sejam tomadas rapidamente”, acrescentou.

A divisão compreende uma nova unidade interna que planejará a estratégia da Toyota para desenvolver e comercializar carros elétricos, como parte dos esforços da empresa para atender ao endurecimento das regras globais de emissões de poluentes.

A Toyota também está transferindo o engenheiro-chefe do modelo híbrido Prius, Koji Toyoshima, para liderar a equipe de veículos elétricos.
Fonte: Alternativa

Toyota anuncia aumento de produção para 2016

toyota aumenta produçãoO grupo Toyota anunciou nesta quarta-feira (16) que irá aumentar sua produção global de veículos em 1% no próximo ano, para 10,2 milhões de unidades, informou a agência Kyodo.

A empresa estima que suas vendas globais devem ultrapassar 10,11 milhões de veículos em 2016

Em um comunicado, a Toyota admitiu que espera uma queda nas vendas em mercados emergentes no próximo ano devido à desaceleração econômica de países como China, Rússia e Brasil, mas que projeta aumento das vendas nos Estados Unidos.

No mercado japonês, a empresa planeja vender 2,23 milhões de veículos, um aumento de 3% em relação ao previsto para 2015.

A previsão otimista da Toyota para 2016 veio após o anúncio de uma estimativa de queda de 1% nas vendas globais e 7% nas vendas domésticas para este ano.
Fonte: IPC Digital
www.shigoto.com.br
visto, emprego, turismo e passagem para o japão

Categorias:Toyota Tags:,

Toyota produz minivan que estaciona sozinha

Minivan Alphard
A Toyota divulgou que está produzindo minivans de luxo que conseguem estacionar sozinhas, informou a emissora NHK nesta segunda-feira (26).

As minivans Alphard e Vellfire têm uma tecnologia de assistência de baliza que utiliza câmeras e sensores para monitorar o entorno e estacionar o veículo automaticamente.

Os veículos também possuem sensores traseiros que acionam os freios se o motorista pisar no acelerador por engano. A concorrência no desenvolvimento de tecnologias destinadas à segurança tem aumentado entre as montadoras.
Fonte: IPC Digital
www.shigoto.com.br
visto japonês, emprego no Japão, turismo no Japão e passagem para o japão

Essa tecnologia irá mudar nosso mundo, diz Toyota sobre carro Mirai

Veículo movido a hidrogênio será comercializado a partir de 15 de dezembro no Japão por ¥7,2 milhões

Toyota Mirai
A Toyota vai lançar seu primeiro carro movido a célula combustível a hidrogênio para o mercado de massa no mês que vem, esperando reproduzir o sucesso de seu híbrido Prius com um veículo que funciona com hidrogênio em vez de gasolina.

O sedan de quatro lugares, chamado de Mirai, palavra que em japonês significa "futuro", será lançado no Japão em 15 de dezembro. As vendas nos Estados Unidos e na Europa virão depois no quarto trimestre de 2015, disse a maior montadora do mundo, revelando o carro simultaneamente em Tóquio e no Estado norte-americano da Califórnia.

Os "carros verdes" perfeitos, veículos movidos a célula combustível, funcionam com eletricidade gerada ao misturar combustível de hidrôgenio e o oxigênio do ar –uma tecnologia usada pela primeira vez no projeto Apollo na década de 1960. Os únicos derivados são calor e água –uma água tão pura que os astronautas na Apollo a beberam.

"Essa tecnologia irá mudar nosso mundo", disse o diretor administrativo da Toyota, Satoshi Ogiso, na apresentação em Newport Beach.

O Mirai custará cerca de ¥7,2 milhões (com imposto incluído) e o governo anunciou um subsídio de ¥2 milhões para compras de veículos movidos a célula combustível.

A Toyota visa vender apenas 700 unidades globalmente no ano que vem, principalmente devido à escassez de postos de combustível de hidrogênio, disseram executivos. A companhia espera que as vendas cumulativas nos Estados Unidos alcancem 3 mil até o final de 2017.

O presidente do Conselho da Toyota, Takeshi Uchiyamada, que liderou o desenvolvimento da primeira geração do Prius, disse esperar que as vendas globais cresçam para a casa das "dezenas de milhares" nos anos 2020.
Fonte: Alternativa com Reuters

Toyota e Tesla podem ter novo acordo

A montadora norte-americana tem fornecido baterias e motores para os utilitários esportivos elétricos RAV4

toyota e teslaA montadora de carros elétricos Tesla Motors e a Toyota, montadora campeã de vendas no mundo, podem assinar um novo acordo dentro dos próximos dois a três anos, disse o presidente-executivo da Tesla, Elon Musk, conforme as duas companhias se preparam para encerrar um programa existente.

A californiana Tesla tem fornecido baterias e motores para os utilitários esportivos elétricos RAV4 da Toyota que foram lançados em 2012, mas essa parceria deve acabar neste ano após a Toyota ter vendido apenas 2 mil unidades do modelo.

"Se olhar para daqui talvez dois a três anos, eu não ficaria surpreso se houver um acordo significativo entre a Toyota e a Tesla", disse Musk em coletiva de imprensa na segunda-feira em Tóquio, onde ele fez as primeiras entregas do sedan elétrico de luxo Model S no Japão.

Ele disse que o acordo pode envolver volumes maiores que os da parceria atual, mas não comentou sobre os detalhes do que o acordo poderia envolver e disse que não há planos definitivos.

Um executivo da Toyota também disse que não há planos definitivos à mesa, mas acrescentou que as duas companhias não encerraram sua relação.

"Ainda há possibilidades em certas áreas das operações deles, especialmente na América do Norte, onde talvez possamos encontrar pontos em comum", disse o executivo, que não quis ser identificado. "Não é como se tivéssemos cortado as relações".

O porta-voz da Toyota Ryo Sakai disse que a companhia não fará comentários sobre o assunto.

Em 2010, a Tesla comprou a antiga fábrica NUMMI na Califórnia depois que a Toyota a fechou, e atualmente monta o Model S no local. Em troca, a Toyota adquiriu uma fatia de 50 milhões de dólares na Tesla.
Fonte: Alternativa com Reuters

Curso técnico da Toyota faz 16 anos

O processo seletivo é realizado anualmente no mês de junho e as inscrições terminam no dia 31 de maio

Curso técnico da Toyota faz 16 anosO Curso de Formação Técnica Automotiva da Toyota, voltado para brasileiros residentes no Japão, completa 16 anos de atividades em 2014. O curso é promovido pelo Toyota Technical College, em Kiyosu (Aichi), e já formou nesse período 281 profissionais em duas áreas: Técnico Automotivo ou Consultor Técnico.

A concepção do curso surgiu em 1998, como uma forma de contribuição social da Toyota, visando atender aos jovens filhos de imigrantes que chegavam ao Japão e que, por dificuldades de adaptação com a língua, não conseguiam se firmar na sociedade local, tão pouco se inserir no mercado de trabalho.

O curso tem seu processo seletivo realizado no mês de junho e a duração de um ano. As inscrições terminam no dia 31 de maio. Os candidatos devem ter idade entre 16 e 25 anos e escolaridade equivalente ao Ensino Fundamental, considerando o padrão brasileiro. Além disso, são admitidos preferencialmente os jovens que manifestam o desejo de voltar ao Brasil após a conclusão.

Ao retornarem ao Brasil, os jovens formados pelo Curso Técnico de Formação Automotiva do Toyota Technical College são direcionados pela Toyota do Brasil a participarem do processo seletivo de contratação nas 143 concessionárias da marca em todo o país ou pela própria Toyota, quando há disponibilidade de vagas.

A qualificação dos brasileiros formados no Toyota Technical College que voltaram ao Brasil e atualmente estão trabalhando em concessionárias da marca vem revelando resultados surpreendentes. Nos últimos 10 anos, os ex-alunos do curso venceram cinco vezes o Concurso de Habilidades Técnicas da Toyota do Brasil (Skill Contest) na categoria Técnico Automotivo e uma vez na categoria Consultor Técnico.

Originalmente o curso, que é inteiramente ministrado em português e possui módulos teórico e prático, contava com instrutores da Toyota do Brasil. Com o passar dos anos, os próprios ex-alunos que optaram por ficar no Japão tornaram-se instrutores das turmas subsequentes.

Mais informações: http://www.toyota-tcn.ac.jp/brasil/index.shtml
Fonte: Alternativa