Arquivo

Archive for the ‘Panasonic’ Category

Panasonic vai começar a investir em baterias para carro elétrico da Tesla

Companhia japonesa planeja contribuir com cerca de 1,6 bilhão de dólares

carro elétrico da TeslaA japonesa Panasonic está pronta para levar adiante seu investimento na fábrica de baterias da Tesla, se for necessário atingir a demanda para o próximo sedã Model 3 da montadora de carros elétricos.

"Nós faremos nosso melhor para adiantar o prazo se necessário", disse o chefe da divisão de sistemas automotivos e industriais da Panasonic, Yoshio Ito, a repórteres em uma reunião na sexta-feira.

A Panasonic planeja contribuir com 1,6 bilhão de dólares para a fabrica "Gigafactory" da Tesla, de 5 bilhões de dólares, em etapas, nos próximos anos. A produção de baterias deve começar ainda este ano.

Um desenvolvimento mais rápido da fábrica de baterias seria crucial, com a Tesla dizendo que atenderia à demanda acentuada pelo Model 3 equipando suas fábricas para construir 500 mil veículos ao ano em 2018, dois anos antes do planejado.

Fornecedores e consultores disseram à Reuters que a aceleração nos planos para aumentar a velocidade do lançamento da produção do Model 3 em larga escala até 2018 seria difícil de atingir e possivelmente custaria muito caro.

Ito não quis comentar se a meta da Tesla é alcançável. "Nós só não queremos ser um gargalo", disse.
Fonte: Alternativa

Anúncios

Retorno da produção favorecerá geração de empregos no Japão

fabrica-eletronicos
A desvalorização do iene diminui os custos de fabricação de produtos no Japão. Por essa razão, é cada vez mais evidente a tendência de repatriação da produção ou “reshoring” (trazer a produção de volta para casa).

De acordo com o Yomiuri Shimbun, fabricantes de eletroeletrônicos como Sharp, Panasonic e Daikin já planejam o retorno de parte da sua produção para o país. Grandes montadoras e fábricas de autopeças, como Honda, Nissan e Sumitomo Riko Co., se não decidiram transferir a produção para terras nipônicas, já estão considerando a possibilidade. A Kobayashi Pharmaceutical Co., também revelou um plano para trazer da China a produção de purificadores de ar e máscaras cirúrgicas.

No caso da relação entre China e Japão, a repatriação de empresas foi impulsionada não só pela desvalorização do iene mas também pelo aumento do custo da mão de obra chinesa: os salários na China triplicaram nos últimos dez anos.

Embora muitos fabricantes considerem que o retorno ao Japão possa ser positivo, não há garantias em relação ao tempo em que as condições permanecerão favoráveis. Dessa maneira, algumas empresas hesitam em transferir maiores porcentagens da produção e são cautelosas em relação à construção de novas fábricas.

O jornal conclui que, caso a desvalorização do iene continue por um longo período, um número crescente de empresas poderá expandir suas fábricas e, naturalmente, favorecer a geração de empregos.
Fonte: IPC Digital
www.shigoto.com.br
visto japonês, emprego no Japão, turismo no Japão e passagem para o japão

Panasonic planeja investir em baterias

A companhia japonesa disse que considera ampliar sua cooperação com a Tesla, mas não deu outros detalhes

Panasonic JapanA Panasonic está avaliando investir em uma fábrica de baterias para carros planejada pela Tesla Motors nos Estados Unidos, disseram fontes com conhecimento do plano na quarta-feira, sendo que o investimento total foi estimado em cerca de 100 bilhões de ienes (979 milhões de dólares) por uma fonte.

A fábrica, que deve entrar em operação em 2017, faz parte dos esforços da Tesla para ofertar veículos elétricos mais acessíveis. Ela será a primeira grande e integrada unidade norte-americana a produzir células de bateria para carros elétricos.

A Tesla não quis comentar o assunto na terça-feira. A Panasonic, fornecedora primária de baterias de íon-lítio para a montadora, disse que deseja ampliar sua cooperação com a Tesla mas não quis dar outros comentários.

O valor de 100 bilhões de ienes foi divulgado primeiro pelo jornal econômico Nikkei, que também disse que a Panasonic está convidando diversos fabricantes japoneses para o projeto.

O Nikkei disse que a fábrica produzirá baterias pequenas e leves para a Tesla e poderá também ser fornecedora da Toyota e outras montadoras.

Os custos de bateria têm sido um grande obstáculo para uma maior adesão aos carros elétricos nos Estados Unidos, segundo analistas. A fábrica da Tesla reduzirá os custos ao realocar a produção de materiais, células e módulos para um único local.
Fonte: Alternativa