Início > economia do Japão > Japão prepara ajuda de ¥10 mil/pessoa

Japão prepara ajuda de ¥10 mil/pessoa

Só terão direito ao benefício indivíduos de baixa renda e que estão isentos do imposto municipal (shiminzei)

Japão prepara ajuda de ¥10 mil/pessoaPara compensar o aumento do imposto sobre consumo de 5 para 8 por cento, ocorrido este mês, o governo japonês está preparando a distribuição de uma ajuda única de ¥10 mil por pessoa às famílias de baixa renda. O formulário para pedido do dinheiro estará à disposição nas prefeituras a partir de junho.
O governo considera pessoas de baixa renda aquelas que estão isentas do imposto municipal (shiminzei, chouminzei ou sonminzei) no ano fiscal de 2014, ou seja, têm rendimento anual inferior a ¥2,04 milhões. Mas a ajuda, chamada de “Rinji Fukushi Kyuufukin” (臨時福祉給付金), não vale para dependentes e beneficiários do auxílio-subsistência (seikatsu hogo).
Aposentados, deficientes físicos e pessoas que recebem pensão por invalidez terão direito a uma ajuda extra de ¥5 mil, totalizando ¥15mil, segundo o Ministério de Saúde, Trabalho e Bem Estar Social.
Paralelo ao “Rinji Fukushi Kyuufukin”, o governo vai distribuir um subsídio extra único de ¥10 mil aos filhos que já recebem o auxílio infantil (jidou teate). A base para referência do pagamento é janeiro de 2014 (só terão a ajuda as crianças que receberam o judou teate nessa data).
O auxílio infantil é um subsídio oferecido mensalmente às famílias de baixa renda, no valor de ¥15 mil para crianças com menos de 3 anos. Acima dessa idade, a ajuda varia de ¥10 mil para os dois primeiros filhos a ¥15 mil para o terceiro filho em diante, até o término do shoogaku. Estudantes do chuugaku recebem ¥10 mil.
Esses subsídios fazem parte de um pacote de ¥6 trilhões que o primeiro-ministro Shinzo Abe ordenou em outubro do ano passado para impulsionar a economia antes do aumento do imposto sobre consumo, e o governo não tem que vender nova dívida para financiar esse gasto.
O pacote aprovado inclui medidas para impulsionar a competitividade; auxiliar mulheres, jovens e os mais velhos; acelerar a reconstrução após terremoto e tsunami de março de 2011; e construir infraestrutura para a Olimpíada de Tóquio de 2020.
Fonte: Alternativa

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: