Início > empresas japonesas > Empresas japonesas querem recuperar domínio no mercado mundial de eletrônicos

Empresas japonesas querem recuperar domínio no mercado mundial de eletrônicos

Seus grandes rivais no exterior têm conquistado já novos mercados.

Sony Corp lançou o Walkman em 1979, bem no meio da segunda crise do petróleo.Nos últimos cinco anos não foram bons para as maiores fabricantes de eletrodomésticos do Japão. Eles perderam a influência global, inúmeras inovações e tiveram que correr atrás do tempo perdido. Enquanto isso, seus rivais no exterior têm conquistado novos mercados e até mesmo ultrapassando as empresas japonesas, disse um análise do jornal Nikkei.

O exemplo mais recente dessa queda veio através da NEC Corp, que anunciou em julho que iria encerrar sua produção de smartphones.

"Se tivéssemos continuado, teríamos somente aumentado os nossos prejuízos", disse um funcionário do NEC.

O início de 2000 viu uma mudança digital no eletrodomésticos, e foi liderada por fabricantes de equipamentos elétricos japoneses. Mas o mesmo não pode ser dito hoje em dia.

Panasonic Corp e Sharp já reduziram a sua produção de televisores. A Hitachi Ltd. foi mais radical e interrompeu sua produção de televisores completamente.

Sem dinheiro, mais problemas

Esta perda no domínio pode ser rastreada até o início da crise financeira global que atingiu o país em 2008. À medida que a crise envolveu o mundo, os fabricantes japoneses viram a evaporação da demanda e tinha dificuldade em angariar fundos.

"Chegamos perto da falência e estavamos nos preparando para isso", disse um executivo de uma grande fabricante de eletrodomésticos.

No ano fiscal de 2008, que terminou em março de 2009, oito grandes fabricantes de eletrodomésticos do Japão registraram perdas líquidas em torno de 2 trilhões de ienes. Hitachi investiu fortemente na produção de painéis de tela plana até a crise financeira. Nesse ano fiscal, no entanto, registou uma perda de 787 bilhões de ienes, o maior valor registrado em uma empresa japonesa. A administração da Hitachi na época chegaram a renunciar do cargo e outros três presidentes de três outros fabricantes foram substituídos.

Essas empresas, incluindo Hitachi, Toshiba Corp e NEC, todos começaram a reduzir drasticamente o investimento. E esta diminuição de gastos fez com menor desenvolvimento tecnológico.

De acordo com o Escritório de Patentes do Japão, o número de pedidos de patentes depositados por empresas japonesas diminuiu significativamente a partir de 2009 . Coréia do Sul e as empresas chinesas, no entanto, têm aumentado os seus pedidos de patentes, chegando a contratar 20.000 funcionários demitidos por fabricantes de eletrodomésticos japoneses.

Sentado no Grandeza

Estima-se que as empresas japonesas poderão usufruir de uma ajuda financeira de 224 trilhões de ienes, dinheiro adquirido por meio de esforços de reestruturação. A questão agora é: o que deve ser feito com esse dinheiro?

Historicamente, as crises são acompanhadas por inovações tecnológicas. Um exemplo famoso é a invenção do nylon. A empresa americana DuPont saiu com o material em 1930, bem no meio da Grande Depressão. Era o fruto dos esforços de desenvolvimento contínuos da DuPont , enquanto seus concorrentes estavam cortando os investimentos.

No Japão, a Sony Corp lançou o Walkman em 1979, bem no meio da segunda crise do petróleo.

É possível que empresas japonesas consigam recuperar o seu "espíritos dominador"?

Já há sinais de esperança. A Panasonic está retomando investimentos em baterias de automóveis. A empresa, que vem reestruturando desde a aquisição da Sanyo Electric Co., está focada em fazer baterias para veículo eléctrico para a empresa americana Tesla Motors Inc.

"Nós gostaríamos de recuperar uma posição de liderança no mundo", disse um executivo da Panasonic.

O problema para as empresas japonesas é que eles não têm criado novos modelos de crescimento. A chave para o seu domínio anterior era de inovação tecnológica, e qualquer retorno à grandeza vai ter que ser na parte de da recuperação da proeza tecnológica.
Fonte: IPC Digital

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: